Acompanhamento terapêutico e reabilitação psicossocial: resultados de uma pesquisa-intervenção

Compartilhe o bem!

Autores:

  • Araujo, A.
  • Del Prette, A.

 

OBJETIVO
O presente estudo refere-se a uma pesquisa-intervenção realizada no período de março a dezembro de 1997 que teve como objetivo investigar o uso do acompanhamento terapêutico no processo de reabilitação psicossocial de pacientes psiquiátricos com longa história de internação.

 

MATERIAIS E MÉTODOS
Para tanto, foram realizadas atividades de acompanhamento terapêutico com duas pacientes de 45 e 50 anos de idade e tempo médio de internação de 25 anos, moradoras do Serviço de Saúde “Dr. Cândido Ferreira”, localizado no município de Campinas/SP. As atividades consistiram na exploração de espaços intra e extra-hospitalares, através das quais as participantes puderam entrar em contato com o mundo social e vivenciar novas experiências conforme seus interesses e necessidades.

 

RESULTADOS
Os dados desta pesquisa, analisados com base na técnica de análise de conteúdo, sugerem o acompanhamento terapêutico como um instrumento capaz de contribuir para a reabilitação psicossocial de pacientes psiquiátricos que se encontram em processo de desinstitucionalização.

 

CONCLUSÃO
A atenção particularizada, o apoio nos momentos de dificuldade, bem como o estímulo às potencialidades e à autonomia, possibilitadas pelo acompanhamento terapêutico o evocam como instrumento passível de auxiliar essas pessoas a recuperarem certas habilidades perdidas nos anos de internação e a voltarem a viver novamente em comunidade.

 

 

Fonte:

Site da Sociedade Paulista de Psiquiatria Clínica.

Endereço: http://www.sppc.med.br/

Artigo publicado no “Site AT” em 15/07/2002.

Supervisão em AT.

 

Acompanhamento terapêutico e reabilitação psicossocial: resultados de uma pesquisa-intervenção
5 (100%) 1 vote

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: