amizade


Americano ganha a vida como “passeador de humanos” em Los Angeles   Passeadores de cachorros, os chamados “dog walkers”, já são comuns nas grandes cidades. Sabe como é, né, a gente ama cães, mas não tem tempo de dar uma voltinha com eles pelas ruas do nosso bairro. Baseado nessa “profissão”, o americano Chuck McCarthy […]

Americano ganha a vida como “passeador de humanos” em Los ...


1
La primera versión del presente texto fue publicado por el autor en el libro Acompañamiento Terapéutico: aproximaciones a su conceptualización, Buenos  Aires, Xavier Bóveda, 1994. Posteriormente, en una nueva edición publicada también en Buenos Aires por Polemos, en 1997. La versión que se presenta aquí corresponde a la publicada en el libro Fundamentos clínicos del Acompañamiento Terapéutico, Buenos […]

La problemática de la amistad en el Acompañamiento Terapéutico


1
Resumo: o presente artigo abordará, através de uma pesquisa bibliográfica, o acompanhamento terapêutico focando-se especificamente na relação criada entre a dupla, acompanhante e acompanhado, e criando com isso um paralelo entre amizade e o vínculo afetivo profissional que deve ser trabalhado nesta modalidade. Serão analisados os pontos positivos e negativos desse vínculo afetivo mais intenso e, portanto, […]

A estreita relação entre a amizade e a função terapêutica ...



2
Entrevistador: Alex Sandro Tavares da Silva. Entrevistado: Gabriel Omar Pulice.   Conversando com Gabriel Pulice: Em São Paulo, Brasil, às 15:30 do dia 01/09/12, no “Simpósio sobre AT e saúde pública”, o psicólogo Gabriel Omar Pulice lançará o livro “Fundamentos Clínicos do Acompanhamento Terapêutico” (Zagodoni Editora). Agora, ele conversará conosco sobre o mundo do Acompanhamento Terapêutico… […]

Conversando com Gabriel Pulice | Conversaciones con Gabriel Pulice


Autora: Mirella Martins Justi A aplicação a diferentes situações, do conflito familiar à drogadição, é uma das características desse modo de apoio profissional. O acompanhamento terapêutico (AT) surgiu juntamente com o movimento antimanicomial, num momento em que se buscavam saídas mais promissoras para o tratamento das doenças mentais, principalmente as psicoses, que não o enclausuramento. […]

Múltiplas possibilidades