Monografias

Compartilhe o bem!

Acompanhamento Terapêutico, Acompañamiento Terapéutico, Therapeutic Accompaniment

  • Trabalho de conclusão de curso de graduação.
  • Trabalho de conclusão de curso de especialização.
  • Dissertações de mestrado.
  • Teses de doutorado.

Trabalho de conclusão de curso de graduação

  1. CANATTO, Cléia Regina (2006). Holding, Manejo e Placement: pilares do Acompanhamento Terapêutico num caso de esquizofrenia paranóide. Trabalho de Conclusão de Curso – TCC (Curso de Psicologia – Graduação). Universidade do Sul de Santa Catarina, Palhoça. 85p.
  2. MARCO, Mariana Nunes da Costa (2008). De Selva a Setting: O mundo do TOC com a inserção do Acompanhante Terapêutico. Trabalho de Conclusão de Curso (Formação de Psicólogo). Universidade de Taubaté. Departamento de Psicologia, Taubaté.
  3. OLIVEIRA, Graziele Santos (2012). O papel do acompanhante terapêutico (at) na reintegração social do portador de sofrimento psíquico. Orientador: Carlos Roberto Schutte Junior . Fundação Presidente Antônio Carlos. Faculdade Presidente Antônio Carlos De Teófilo Otoni. Faculdade de Psicologia. Teófilo Otoni. 50p.
  4. SILVA, Alex Sandro Tavares da (2002). Acompanhamento Terapêutico & Vontade de Poder: Por um “fazer andarilho” em Psicologia. Trabalho de Conclusão de Curso de Psicologia. Centro de Ciências da Saúde.Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Orientadora: Dra. Simone Mainieri Paulon. São Leopoldo/RS/Brasil. 03 de junho. 85p.

Trabalho de conclusão de curso de especialização

  • BURIN, Julia (2008). O Acompanhamento Terapêutico como técnica no tratamento das dependências: um relato de caso. Monografia de Especialização em Farmacodependência. UNIFESP. Orientador: Dr. Aderbal Vieira. São Paulo.
  • EGGERS, José Carlos (1984). O Acompanhamento Terapêutico: Um Recurso Técnico em Psicoterapia de Pacientes Críticos. Trabalho de Conclusão do Curso de Especialização em Psiquiatria. Pontifícia Universidade Católica (PUC/RS). Porto Alegre, junho.
  • COSTA, Vera Lucia de Andrade (2004). Acompanhamento Terapêutico Psicodramático, Um Agente de Inclusão. Monografia apresentada para obtenção do título de psicodramatista. Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama. Orientadora: Vera Lucia Capuano. São Paulo.
  • SONEGO, Vanessa Marques (2014). Acompanhamento Terapêutico no CAPS: explorando possibilidades de construção da rede. Especialização em Saúde Mental e Redes de Atenção Integral da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Orientador: Prof. MS. Alex Sandro Tavares da Silva.


Dissertações de mestrado

  1. ALVARENGA, Cérise (2006). Trânsitos da clínica do acompanhamento terapêutico (AT): da via histórica à cotidiana / Cérise Alvarenga. –  Uberlândia. Orientador:  João Luiz L. Paravidini. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal de Uberlândia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia. 146f.
  2. ARAÚJO, A. (1999). O acompanhamento terapêutico no processo de desinstitucionalização hospitalar. Dissertação de Mestrado. Educação Especial UFSCar. Orientador: Almir Del Prette.
  3. ARAÚJO, Fábio (2005). Um passeio esquizo pelo acompanhamento terapêutico: dos especialismos clínicos à política da amizade. Dissertação (Mestrado em Estudos da Subjetividade). Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ.
  4. BARRETTO, Kleber Duarte (1997). Andanças com Dom Quixote e Sancho Pança pelos Campos da Transicionalidade: Relatos de um Acompanhante Terapêutico. Dissertação de Mestrado. PUC-SP. São Paulo. 204p.
  5. BAZHUNI, Natasha Frias Nahim (2010). Acompanhamento terapêutico como dispositivo psicanalítico de tratamento das psicoses na saúde mental. 2010. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica) – Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo.
  6. BELLOC, Márcio Mariath (2005). Ato criativo e cumplicidade. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.
  7. BENEVIDES, Laura Lamas Martins Gonçalves (2007). A função de publicização do acompanhamento terapêutico na clínica: O contexto, o texto e o foratexto do AT. Dissertação (Mestrado em Psicologia). Universidade Federal Fluminense. Orientadora: Dra. Regina Duarte Benevides de Barros. Niterói. 184p.
  8. BAZHUNI, Natasha Frias Nahim (2010). Acompanhamento Terapêutico como dispositivo psicanalítico de tratamento das psicoses na saúde mental. Dissertação (Mestrado em Psicologia). Universidade de São Paulo. Orientadora: Jussara Falek Brauer. São Paulo. 107p.
  9. CABRAL, Károl Veiga (2005). Acompanhamento terapêutico como dispositivo da reforma psiquiátrica: considerações sobre o setting. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social e Institucional) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.
  10. CAUCHICK, Maria Paula (1999). Intervenções no acompanhamento terapêutico. Dissertação de Mestrado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). São Paulo. 150p.
  11. CARVALHO, Sandra Silveira (2002): Acompanhamento Terapêutico: Que clínica é essa? Dissertações de Mestrado em Psicologia Clínica. Universidade de Brasília. Orientadora: Vera Lúcia Decnop Coelho. Brasília, 07 de novembro.
  12. CARNIEL, Aline Cristina Dadalte (2008). O acompanhamento terapêutico na assistência e reabilitação psicossocial do portador de transtorno mental. Dissertação de Mestrado. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto/USP. Área de concentração Enfermagem Psiquiátrica. Orientador: Luiz Jorge Pedrão. 103p.
  13. COELHO, Carlos Frederico de Macedo (2007). Convivendo com Miguel e Mônica: uma proposta de acompanhamento terapêutico de crianças autistas. Dissertação (Mestrado). Universidade de Brasília. Brasília. 119p.
  14. FIORATI, Regina Célia (2006). Acompanhamento Terapêutico: uma estratégia terapêutica em uma unidade de internação psiquiátrica. Dissertação (Mestrado). Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo. 150p.
  15. GERAB, Cristiana Kehdi (2011). A desorientação no Acompanhamento Terapêutico. São Paulo, 2011. 102 p. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica). Programa de Estudos Pós- Graduados em Psicologia Clínica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo- PUC-SP.
  16. GHERTMAN, Iso Alberto (2009). Aproximações a uma metapsicologia freudiana da escuta: ressonâncias a partir do campo do acompanhamento terapêutico. 2009. Dissertação (Mestrado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano) – Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo.
  17. GONÇALVES BENEVIDES, Laura (2007). A função de publicização do acompanhamento terapêutico na clínica. O contexto, o texto e o fora-texto do AT. Dissertação (Mestrado em Psicologia). Universidade Federal Fluminense, Niterói.
  18. MARINHO, Débora Margareth (2009). Acompanhamento Terapêutico: Caminhos clínicos, políticos e sociais para a consolidação da Reforma Psiquiátrica brasileira. São Paulo. 140p. Dissertação (Mestrado em Enfermagem). Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP). Orientadora: Dra. Ana Luisa Aranha e Silva.
  19. NOGUEIRA, Anamaria Batista (2007). O acompanhamento terapêutico na psicose [manuscrito] : possibilidades de uma orientação analítica. Orientador: Oswaldo França Neto. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas. 88 f.
  20. PARRA, Luciana Sime (2009). Atando laços e desatando nós: reflexões sobre a função do acompanhamento terapêutico na inclusão escolar de crianças autistas. 2009. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, Brasília.
  21. PELLICCIOLI, Eduardo (2004). O trabalho do acompanhamento terapêutico em grupos: novas tecnologias na rede pública de saúde. Porto Alegre. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – PUCRS. Faculdade de Psicologia. 112p.
  22. RAMOS, Luiz Henrique (2002). Funcionamento mental e a eficácia adaptativa de acompanhantes terapêuticos que atuam com pacientes psicóticos. São Bernardo do Campo. Dissertação (Mestrado em Psicologia). Universidade Metodista de São Paulo. 134p.
  23. RICHTER, Ernesto Pacheco (2003). Fragmentos de um acompanhamento terapêutico: Reflexões a partir da teoria crítica da sociedade. Dissertação de mestrado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Programa de Pós-graduação em Psicologia Social. Orientador: Prof. Doutor José Leon Crochík. São Paulo, maio. 143p.
  24. REIS NETO, Raymundo de Oliveira (1995). Acompanhamento Terapêutico: Emergência e trajetória histórica de uma prática em saúde mental no RJ. Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica. Pontifícia Universidade Católica do RJ (PUC-RJ). Orientadora: Esther Arantes de Magalhães. Rio de Janeiro.
  25. SANTOS, Ricardo Gomides (2013). Acompanhamento terapêutico de pacientes neurológicos: uma experiência de ensino em psicanálise. 2013. Tese (Doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano) – Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo.
  26. SERENO, Sereno (1996).Acompanhamento Terapêutico de Pacientes Psicóticos: Uma clínica na cidade. Dissertação de Mestrado. Instituto de Psicologia, São Paulo. 191p.
  27. SILVA, Alex Sandro Tavares da (2005). A Emergência do Acompanhamento Terapêutico: O processo de constituição de uma clínica. Dissertação de Mestrado em Psicologia Social e Institucional. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGPSI). Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Orientadora: Dra. Rosane Azevedo Neves da Silva. Porto Alegre/RS/Brasil. 13 de abril. 144p.
  28. SIMÕES, Cristiane Helena Dias (2005). A produção científica sobre o acompanhamento terapêutico no Brasil de 1960 a 2003: uma análise crítica/ Cristiane Helena Dias Simões. Campinas, SP: [s.n.]. Orientadora: Débora Isane Ratner Kirschbaum. Dissertação (Mestrado) Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicas. 157p.


Teses de doutorado

  1. CHAUÍ-BERLINCK. Luciana (2011). Andarilhos Do Bem: Os Caminhos Do Acompanhamento Terapêutico. Tese (Doutorado). Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo/USP. 171p.
  2. FARINHA, Marciana Gonçalves (2006). Acompanhamento Terapêutico como estratégia de inserção da pessoa em sofrimento psíquico na comunidade: estudo em um programa de Saúde da Família. Tese (Doutorado). Programa de Pós-graduação em Enfermagem Psiquiátrica. Escola de Enfermagem de Riberia Preto da Universidade de São Paulo/USP. Orientadora: Dra. Maria Cecília Moraes. 186p.
  3. HERMANN, Maurício Castejón (2008). Acompanhamento terapêutico e psicose: um articulador do real, simbólico e imaginário. Tese (Doutorado em Psicologia). Orientador: Miriam Debieux Rosa. Instituto de Psicologia da USP.
  4. PALOMBINI, Analice de Lima (2007). Vertigens de uma psicanálise a céu aberto: a cidade – contribuições do acompanhamento terapêutico à clínica na reforma psiquiátrica. 247p.
  5. PITIÁ, Ana Celeste de Araújo (2002). Acompanhamento terapêutico sob o enfoque da psicoterapia corporal: uma clínica em construção. Tese (Doutorado) – Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto/USP. Orientador: Dr. Manuel Antônio dos Santos. 153p.
  6. SANTOS, Ricardo Gomides (2013). Acompanhamento terapêutico de pacientes neurológicos: uma experiência de ensino em psicanálise. 2013. Tese (Doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano) – Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo.

Publique sua monografia.