Acompanhamento terapêutico de pais com patologias psíquicas e seu bebê

Resumo: O presente trabalho visa relatar minha experiência como Acompanhante Terapêutica de Pais-bebê. E também trazer algumas reflexões sobre a posição que este profissional pode ocupar, em situações onde os pais são psicóticos. Sem prevalecer o objetivo assistencial tão empregado atualmente nas instituições para os serviços de acompanhantes, minha proposta Ler mais…